Dmail: Conheça a extensão criar mensagens autodestrutivas

Dmail: Conheça a extensão criar mensagens autodestrutivas

Nova extensão Dmail para o navegador Google Chrome permite mensagens autodestrutivas com controle de tempo.

0
COMPARTILHE
dmail o masculino
Logo Gmail: Divulgação

Se você sempre assistiu aos filmes de ação como Missão Impossível, por exemplo, certamente sonhou com um dia em que seria possível enviar e receber mensagens que se autodestroem depois de terem sido lidas. E foi certamente esta a inspiração dos desenvolvedores para que fosse possível criar um serviço que permite controlar o tempo que uma mensagem enviada por e-mail permanecerá na caixa de entrada d destinatário.

Uma nova extensão para o navegador de internet Google Chrome permite agendar o tempo em que a mensagem permanecerá disponível para o destinatário em sua caixa de entrada. Veja como ela vai funcionar e todas as possibilidades que esta extensão oferece.

Mensagens autodestrutivas

Para que você possa usar o recurso de autodestruição de mensagens é bem simples: basta ter o navegador Google Chrome instalado em seu computador ou aparelho móvel e adicionar a extensão chamada Dmail (Para instalar basta clicar aqui!). A única recomendação é que o navegador seja reiniciado para que o recurso seja ativado.

Desta forma, será exibido um controle da extensão bem próximo ao botão de enviar, deixando a sua utilização opcional, sempre de acordo com a preferência do remetente. Quando você for enviar uma mensagem poderá escolher uma das opções, que são de 1 hora, 1 dia ou 1 semana, tempo em que o conteúdo da mensagem estará disponível para leitura. dmail o masculino

Outra possibilidade que a extensão Dmail oferece é que o autor da mensagem solicite a sua destruição a qualquer momento, ainda que ela tenha recebido uma configuração de tempo maior antes do seu envio. A mensagem é também criptografada, o que aumenta ainda mais a segurança das informações.

A única questão é que, mesmo após a mensagem ter o seu conteúdo removido, o e-mail permanecerá na caixa de entrada do destinatário. Assim, ele saberá que você enviou um e-mail, mas não saberá do que se trata. Além disso, ela também não impede que seja feita uma captura de tela enquanto estiver sendo visualizada.

O serviço está em fase de testes e por enquanto é gratuito. A previsão é que em breve sejam oferecidas modalidades de assinaturas para usuários em geral e empresas, conforme informações do site do próprio desenvolvedor.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA