Conheça os 4 erros alimentares mais comuns após o esporte

Conheça os 4 erros alimentares mais comuns após o esporte

Saiba quais são os 4 erros mais comuns cometidos após um treino ou a prática de um esporte e mude seus hábitos!

2
COMPARTILHE
erros alimentares o masculino
O melhor é tentar encontrar um equilíbrio que permita ao seu corpo se recuperar após os exercícios. Foto: Shutterstock

Quando você sai da academia após um treino que te deixou feliz pelo seu desempenho e, logicamente, cansado pelo enorme esforço que fez, a tendência é de que seu próprio corpo leve você a recompensar o gasto energético com a alimentação. E este é um momento crucial para alcançar os seus objetivos com a atividade física e muita gente acaba errando a mão seriamente. Por isso, separamos aqui os 4 erros alimentares mais comuns para que você não erre mais!

Erros alimentares mais comuns após o treino

Apostar apenas em carboidratos simples

Comer uma barrinha de chocolate após as atividades, tudo bem, mas não somente. Este é um dos grandes erros alimentares das pessoas e deve ser evitado. Depois de um treino o seu corpo precisa logo em seguida não somente de carboidratos simples, como os açúcares (glicose, incluindo a frutose, sacarose, etc.), mas também dos hidratos de carbono complexos, como as fibras de amido, por exemplo, que são importantes para reconstruir nas horas seguintes as suas reservas de glicogênio, que é a principal fonte de energia do corpo. Por isso é importante que você encontre um equilíbrio entre estas duas famílias de hidratos de carbono.

A dica é fazer um misto entre os açúcares rápidos e lentos, tentando concentrar principalmente nos hidratos de carbono intrínsecos (naturais), tais como os que podem ser encontrados nas frutas (frutose) ou leite (lactose) do que nos açúcares adicionados artificialmente.

Se ‘reidratar’ com refrigerantes ou bebidas similares

É comum que os atletas bebam refrigerantes, bebidas energéticas ou até cerveja logo após um treino intenso ou competição. É um prazer até compreensível, mas que não pode virar uma rotina. A ingestão de bebidas que são convertidas em calor, quando o corpo precisa exatamente do contrário, que é baixar a temperatura, pode ser ruim. A cerveja, por exemplo, ainda ajuda a desidratar o corpo, o que é pior ainda. Opte pela água, que é o alimento necessário para compensar a perda de água e refazer os estoques.

Vale lembrar que o refrigerante contém ácido fosfórico ou cítrico, que aumentam o já elevado nível de acidez do corpo após uma sessão intensa de exercícios.

Comer alimentos excessivamente gordurosos

A desculpa de comer um hambúrguer ou pizza como recompensa após um treino intenso pode levar ao prazer imediato, mas os efeitos para o corpo não são tão legais assim. As gorduras são essenciais para a recuperação do pós-treino, mas é melhor você investir nas gorduras boas e não nestas que acabam aumentando o mau colesterol e não trazem nenhum benefício nutricional a mais.

A dica é apostar nos alimentos que contenham gorduras boas (Omega 3, Omega 6), pois os que possuem muita gordura acabam sobrecarregando o corpo, o que retarda a digestão e recuperação.

Comer alimentos ricos em proteínas

É certo que as proteínas são essenciais para a dieta diária e são importantíssimas também na fase de recuperação, especialmente por participar na reconstrução muscular e na reparação das fibras musculares danificadas com o exercício. A questão é que você não deve se entupir disso, mas comer de uma maneira equilibrada. Todas as necessidades nutricionais de um atleta devem ser supridas de forma mais equilibrada, com a ingestão de carboidratos, gorduras, vitaminas, fibras e outros minerais na medida certa. Lembre-se que contar com a ajuda de um profissional de nutrição pode fazer toda a diferença em seus resultados.

Gostou deste artigo? Não se esqueça de deixar o seu comentário aqui e de seguir O Masculino também nas redes sociais!

Gostou deste artigo? Não se esqueça de deixar o seu comentário aqui e de seguir O Masculino também nas redes sociais!

Gostou deste artigo? Não se esqueça de deixar o seu comentário aqui e de seguir O Masculino também nas redes sociais!

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom esse artigo. Adorei o assunto. Mas tenho uma dúvida! Ao terminar meu treino, sempre vou à um creps onde vende vitaminas e guaraná da Amazônia, e sempre peço um guaraná da Amazônia. No entanto, gostaria de saber, se tem problema ingerir esse tipo de vitamina logo após meu treino? Os ingredientes dela são: castanha do Pará, castanha de caju, mel, gelo, amendoim, e água.

DEIXE UMA RESPOSTA