Alga com gosto de bacon: alimento ainda é super nutritivo

Alga com gosto de bacon: alimento ainda é super nutritivo

Conheça a nova descoberta dos cientistas: uma alga com gosto de bacon, que é super nutritiva!

0
COMPARTILHE
alga com gosto de bacon o masculino
Alimento pode ser cultivado para o consumo humano em breve. Foto: Divulgação

Quem não ama comer bacon? O alimento é considerado o companheiro perfeito para a maioria das receitas salgadas e vem sendo utilizada inclusive para sobremesas. Mas, como tudo que é bom nesta vida, o Bacon é considerado por médicos e nutricionistas como um produto que deve ser consumido com muita cautela, pois pode ser prejudicial à saúde. Como lidar com isso?

Uma alga com gosto de bacon

Pense em um mundo onde você poderá comer bacon ilimitado sem correr o risco de morrer com um problema cardíaco? Ainda que isto nãos seja possível viver isto na real, cientistas descobriram uma maneira de sentir o gosto do bacon em um alimento super nutritivo. Pesquisadores da Oregon State University’s Harfield Marine Science Center registraram a patente de uma nova alga, a chamada Palmaria palmata, que ao ser frita (como se fosse o próprio alimento dos Deuses), ela fica com a textura crocante e o sabor igual ao do bacon.

Não é primeiro de abril. A descoberta é o resultado de quinze anos de pesquisa e que só agora começa a ganhar divulgação. A alga translúcida, que possui um tom avermelhado, além de ser muito saborosa é também uma excelente fonte de minerais, vitaminas e antioxidantes. Para melhorar, a alga contém até 16% de proteína em peso seco, conforme afirmou o pesquisador Chris Langdon.

Inicialmente, a pesquisa tinha como objetivo a criação de um superalimento para os abalones, que é uma espécie de fruto do mar bastante consumida na Ásia. A alga começou a chamar a atenção por causa do crescimento rápido e também por suas propriedades nutricionais. Segundo os pesquisadores, a Palmaria Palmata cresce em estado selvagem em quase toda a costa do Pacífico e Atlântico. Já foi demostrado um grande interesse de se cultivar o produto para consumo humano, o que não seria nada mal.

Gostou deste artigo? Não se esqueça de deixar o seu comentário aqui e de seguir O Masculino também nas redes sociais!

Gostou deste artigo? Não se esqueça de deixar o seu comentário aqui e de seguir O Masculino também nas redes sociais!

Gostou deste artigo? Não se esqueça de deixar o seu comentário aqui e de seguir O Masculino também nas redes sociais!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA