Vídeo mostra a realidade de quem tem depressão

Vídeo mostra a realidade de quem tem depressão

Produzido pela atriz e diretora Katarzyna Napiórkowska, vídeo mostra como é a vida com a depressão e dá dicas de como conviver com alguém depressivo.

0
COMPARTILHE
depressão o masculino
Foto: Reprodução

 

Cada vez mais é possível compreender como a depressão é uma doença devastadora, apesar de ainda não ser levada a sério por muitas pessoas. E foi exatamente esta falta de consciência das pessoas em relação ao problema que levou a atriz, diretora, fotógrafa e vlogueira Katarzyna Napiórkowska a produzir um vídeo impactante mostrando como é a vida de quem sofre de depressão.

Na produção, intitulada “Living with depression” (ou Vivendo com depressão, em português), uma jovem descreve todo o processo de desenvolvimento da doença, seus sentimentos e atitudes. As cenas são impactantes, o que segundo a atriz é uma tentativa de mostrar como a doença afeta o dia a dia da pessoa, bem como as transformações que vão acontecendo.

Leia também:

A prática de exercício físico combate o stress e depressão

Dependência da nicotina leva à depressão e ao suicídio

Saúde mental: problemas do cotidiano e doenças

A personagem do vídeo apresenta a doença desde sua fase inicial, quando se acredita que tudo não passa de “uma dor de cabeça, algo que logo vai passar ou apenas outro dia ruim”. Com o passar dos dias tudo vai piorando, até que chega o momento crucial onde só há duas opções: pedir ajuda ou tentar o suicídio.

O vídeo original já ultrapassou 1,5 milhão de visualizações, sendo muito compartilhado nas redes sociais. Em outra produção, intitulada “Living with a depressed person” (Vivendo com uma pessoa depressiva, em português), a diretora conta que nunca teve depressão, mas que já conviveu com muitas pessoas depressivas. Ela também dá outras dicas de como lidar com uma pessoa depressiva.

Dicas para conviver com pessoas em depressão

  1. Nunca diga coisas do tipo “não entendo porque está reclamando” ou “não sei do que você precisa”. Isso nunca ajuda e quem tem depressão não pode se sentir envergonhado ou culpado.
  2. Não se torne superprotetor. Se a pessoa não quiser conversar sobre o problema, dê espaço para ela respirar. Volte depois de um tempo e apenas mostre que você está ali para qualquer coisa.
  3. Encoraje quem tem depressão a procurar um especialista. Um tratamento apropriado é o que mais ajuda.
  4. Saiba que a convivência é muito complicada e que você terá que ter paciência e força. Muitas vezes não é a pessoa que está falando, mas sim a doença. Não crie muitas expectativas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA