Exercício físico reduz o desejo de comer doces

Exercício físico reduz o desejo de comer doces

Entenda como a prática de exercício físico reduz o desejo de comer doce e saiba como evitar os exageros com as guloseimas.

0
COMPARTILHE
comer doces o masculino
Desejo de comer doce pode ser reduzido com exercícios físicos.

Uma excelente notícia para quem precisa manter a dieta, mas não consegue se livrar da vontade de comer guloseimas: o desejo de comer doces pode ser anulado pela prática de exercícios físicos, como uma caminhada de apenas 15 minutos, por exemplo.

Esta é a constatação de um estudo feito por uma equipe liderada por Larissa Ledochowski e publicado pela Universidade de Innsbruck, na Áustria. A pesquisa mostrou ainda que isto vale ainda que a pessoa esteja com excesso de peso, em stress, ou mesmo com doces em sua mão.

Leia também:

Conheça 5 alimentos que prejudicam a dieta

Reduzir a ingestão de gordura não diminui o ganho de peso

Pizza: o ‘vício alimentar’ mais difícil de ser combatido

Com isso, fica mais do que provado que a prática regular de atividade física pode ser valiosa para reduzir o consumo de doces, como o chocolate, por exemplo, em momentos considerados como de maior vulnerabilidade (quando comer estes produtos parece inevitável).

Desejo de comer doces

Para a realização do estudo foram analisadas 47 pessoas com excesso de peso, consumidores frequentes de guloseimas com altas calorias. Eles foram orientados a não ingerir esse tipo de alimento nos três dias que antecederam a experiência. Ao chegarem ao laboratório, os voluntários foram divididos em dois grupos.

O primeiro grupo fez uma caminhada de 15 minutos, enquanto a outra metade ficou sentada durante o mesmo período de tempo. Cinco minutos após o passeio e a espera, os participantes passaram por um teste para verificar os níveis de estresse.

Um chocolate altamente calórico foi oferecido a cada um dos participantes, com a orientação de deixa-lo à sua frente, aberto, durante 30 segundos, mas sem o comer. Os pesquisadores testaram os níveis de desejo dos participantes, bem como os batimentos cardíacos e o nível da pressão sanguínea.

Os resultados do estudo mostraram que o grupo que fez a caminhada tinha mais resistência aos desejos de comer doce do que os que se mantiveram sentados por todo o período. Isso pode indicar o que leva uma pessoa sedentária a querer comer sempre mais guloseimas, assim como a importância da atividade física para a saúde.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA