Vigorexia: quando a insatisfação com o corpo vira doença

Vigorexia: quando a insatisfação com o corpo vira doença

Entenda como a insatisfação com o próprio corpo é considerada doença; Vigorexia atinge principalmente homens.

0
COMPARTILHE
vigorexia o masculino
Vigorexia pode gerar diversos problemas à saúde do corpo. Foto: Shutterstock

Se você nunca está contente com o corpo que tem, seja achando que ainda é fraco demais ou que está fora de forma, saiba que você pode estar sofrendo de uma doença chamada Vigorexia. Entenda melhor o que é a doença, seus sintomas, causas e tratamentos.

De acordo com sua definição, a Vigorexia, também conhecida como Transtorno Dismórfico Muscular ou mesmo Síndrome de Adonis, é uma doença psicológica caracterizada por uma insatisfação constante com o corpo. ela afeta principalmente os homens, o que leva à busca exagerada pela prática de exercícios físicos, como forma de tentar chegar ao corpo ideal.

Leia também:

Boa forma: conheça os erros mais comuns ao tentar emagrecer

5 ótimos esportes para perder peso

Esportes: como saber se estou passando dos limites?

É importante lembrar que é preciso saber separar a Vigorexia da vaidade ou cuidados com o corpo, pois você ter consciência de que precisa melhorar sua forma física mas fazê-lo com a devida cautela é diferente arriscar tudo em algo que talvez nem mesmo necessite.

Principais sintomas da Vigorexia

O sintoma mais comum – e visível – Vigorexia é possuir uma forma física excelente e, ainda sim, continuar com a sensação de que o corpo ainda não está bom, evitando mostra-lo e, principalmente, exagerando nas dietas e exercícios para tentar ‘mudar’ isso.

Além disso, outros sintomas também podem ajudar no diagnóstico, entre eles dores musculares persistentes em todo o corpo; cansaço extremo; irritabilidade; depressão; anorexia ou dietas muito restritivas; insônia; aumento da frequência cardíaca quando se está em repouso; piora no desempenho sexual e sentimento de inferioridade.

O que geralmente acontece é que os vigoréticos – como se define quem sofre do problema – adotam uma dieta altamente restritiva, com eliminação do consumo de gorduras e açucares, ao mesmo tempo em que exageram no consumo de alimentos ricos em proteínas, tudo em busca do aumento da massa muscular. O uso de anabolizantes também é comum entre os homens que sofrem de Vigorexia.

Mesmo com tudo isso e apesar dos resultados alcançados (músculos e corpo definido), a insatisfação com o corpo continua e o vigorético se vê ainda como muito magros. A vigorexia é considerada como um tipo de Transtorno Obsessivo Compulsivo, necessitando de tratamento, pois do contrário poderá causar sérios problemas à saúde.

Ela pode gerar consequências danosas ao organismo, entre elas a insuficiência renal ou hepática, além de problemas de circulação sanguínea e até depressão. O problema pode se agravar ainda mais se houver uso de anabolizantes, que pode levar ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, câncer de próstata e redução do tecido testicular.

Causas e tratamentos para vigorexia

Apesar de ser considerada como uma doença causada por fatores psicológicos, acredita-se também que a Vigorexia possa ter alguma relação com os neurotransmissores do sistema nervoso central. Isso porque alguns casos de vigorexia foram precedidos por doenças como meningite ou encefalite.

Atualmente, o tratamento mais indicado em caso de Vigorexia é a psicoterapia, que tem como objetivo ajudar o indivíduo a compreender que seu corpo está bom, mas que precisa na verdade é aumentar a sua autoestima. Em alguns casos é necessário também o uso de medicamentos à base de serotonina e a indicação de uma alimentação mais equilibrada, definida por um profissional de nutrição.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA