Boa forma: conheça os erros mais comuns ao tentar emagrecer

Boa forma: conheça os erros mais comuns ao tentar emagrecer

Saiba quais são os erros mais comuns ao tentar emagrecer e alcance a tão desejada boa forma de maneira mais rápida!

0
COMPARTILHE
boa forma o masculino
Saiba quais são os erros mais comuns de quem quer atingir a boa forma! Foto: Shutterstock

Perder peso não é coisa simples de alcançar e quanto a isso não há dúvidas. Algumas pessoas possuem mais dificuldades neste processo, seja por questão genética ou do próprio organismo, enquanto outras encontram um caminho um pouco mais fácil. Independentemente de qual é o seu caso, alguns erros cometidos ao buscar a boa forma podem ser cruciais.

O que acontece geralmente é que muitas pessoas mantém os olhos no objetivo – o que é importante! – mas não param um segundo sequer para refletir sobre o que estão fazendo para chegar lá. É comum também não contarem com a ajuda de profissionais, o que além de não apresentar bons resultados ainda corre risco de piorar ainda mais a situação.

Leia também:

5 ótimos esportes para perder peso

Esportes: como saber se estou passando dos limites?

GH: aumente naturalmente a produção do ‘hormônio do crescimento’

Se você quer perder peso e não sabe como, conheça abaixo os erros mais comuns ao tentar alcançar a boa forma e evite. Saber o que não deve ser feito já é um passo importante para descobrir como agir.

Principais erros em busca da boa forma

Não beber água – Apesar de ser um dos aspectos mais destacados tanto por profissionais de nutrição quanto de educação física, ingerir a quantidade correta de água diariamente faz toda a diferença. Guardamos o mínimo que é de dois litros de água por dia, mas você precisa levar em consideração também a temperatura, a quantidade de exercícios que você pratica por dia e, principalmente, o que você perde de líquidos em suas atividades. Se você ingere pouca água para evitar a retenção de líquidos ou ter uma falsa sensação de perda de peso, pode ter certeza que os prejuízos para sua saúde poderão ser irreparáveis.

Redução irresponsável a ingestão de calorias – Está aí um dos grandes erros das pessoas ao buscar a boa forma: tratar o corpo como se fosse uma máquina simples, na qual tudo pode ser feito de qualquer jeito quando esperamos um resultado positivo. Cada corpo possui uma necessidade diferente e é preciso ter consciência disso quando o assunto é perder peso. Cortar calorias sem conhecer estas necessidades aumenta o risco de perda de massa muscular, pois o corpo vai começar a queimá-la para transformar em energia. É preciso equilibrar as coisas para não prejudicar, o que somente um profissional capacitado poderá fazer para você.

boa forma o masculino
Não adianta forçar na dieta e não considerar as particularidades do seu corpo. Foto: Shutterstock

Ignorar os micronutrientes – É preciso lembrar que uma dieta equilibrada precisa ser tratada de uma maneira mais complexa, levando sempre em consideração as particularidades de cada um. Por isso, além do controle da ingestão calórica, você precisa levar em conta também a qualidade dos alimentos, lembrando que verduras, frutas e legumes são os responsáveis pela regulação de nosso metabolismo. São eles que garantem os micronutrientes que a sua dieta precisa.

Não considerar seu metabolismo basal – Mais um erro grave de quem quer adquirir uma boa forma e age apenas como um contador de calorias. Para não cair nesta armadilha, ao invés de apenas restringir a quantidade de energia que seu corpo recebe, aumenta também a quantidade de calorias que ele gasta. Leve em conta o seu metabolismo basal, pois é ele que vai fazer seu corpo gastar muito mais calorias. Busque atividades mais intensas e tente aumentar sua massa magra, que são fatores fundamentais para que o seu metabolismo fique mais acelerado.

Apostar em exercícios aeróbicos de baixa intensidade – Chegamos agora a um ponto crucial para adquirir a boa forma tão esperada. No item acima mencionamos a importância de atividades mais intensas para acelerar o metabolismo. Aqui não só reforçaremos esta dica como também acrescentaremos o fato de que treinos de baixa intensidade não ajudam muito no processo de emagrecimento. Caminhadas, corridas leves, entre outros são importantes atividades físicas, mas se seu objetivo é maior do que apenas cuidar da saúde e se manter em forma, aposte em exercícios de alta intensidade para compor os seus treinos.

Não criar uma rotina – Este erro costuma passar despercebido até mesmo pelos mais experientes, com a desculpa de que sempre é possível ter um dia para ‘chutar o balde’, deixar de lado a dieta e os exercícios. Não vamos ser radicais e dizer que você deve seguir à risca tudo até o fim da sua vida, pois sabemos que é humanamente impossível. Se você saiu da sua dieta, compense isso no dia seguinte e retorne à sua rotina normal o mais rápido possível, pois o problema não é um ‘escorregão’ vez ou outra, mas a sensação de que tudo foi por água abaixo e que não adianta tentar alcançar os seus objetivos. Isso vale tanto para a dieta quanto para os exercícios. Meteu o ‘pé na jaca’, tire rápido e siga com o plano principal.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA