GH: aumente naturalmente a produção do ‘hormônio do crescimento’

GH: aumente naturalmente a produção do ‘hormônio do crescimento’

Veja como aumentar naturalmente a produção do GH - o hormônio do crescimento - e ganhem músculos mais rapidamente!

0
COMPARTILHE
gh o masculino
O hormônio GH está ao lado da testosterona como os mais importantes para o crescimento muscular. Foto: Shutterstock

Quem busca o ganho muscular sabe que o hormônio GH é o segundo mais importante para alcançar mais rapidamente os objetivos, ficando atrás apenas da Testosterona. Ele é um hormônio de crescimento produzido naturalmente pelo corpo, mas que precisa ser estimulado para que se mantenha em níveis satisfatórios.

O hormônio GH é também chamado de somatropina, sendo produzido pela glândula hipófise anterior (pituitária) que fica na base do cérebro. Este hormônio é secretado pelas células somatotrópicas e chega à corrente sanguínea em maior quantidade. Sua liberação é controlada pelo hipotálamo, contando com algumas substâncias para esta tarefa (Hormônio da Liberação do Hormônio do Crescimento ‘GHRH’, grelina e a somatostatina).

Leia também:

Conheça os 7 melhores exercícios do Crossfit

Abdômen definido: veja 7 dicas infalíveis

Street Workout aumenta a força e o equilíbrio do corpo

Mesmo que o corpo busque manter os níveis mais baixos do hormônio GH, existem maneiras naturais de aumentar sua produção. Foi por isso que decidimos apresentar para você maneira simples e naturais de aumentar o GH, para que consiga atingir seus objetivos sem sofrimento. Vale lembrar sempre que tanto a prática de exercícios quanto a busca pelo crescimento muscular pelo equilíbrio alimentar acontece de forma mais segura com o acompanhamento de profissionais destas áreas.

Como aumentar a produção de GH naturalmente

Durma mais (e melhor!) – Pode parecer estranho falar de sono quando a hipertrofia muscular está mais ligada à atividade física. Acontece que aproximadamente 75% de todo o GH produzido no corpo é liberado durante o sono profundo, o que justifica esta indicação de cuidar melhor dos seus momentos de descanso. O ideal é dormir cerca de 8 a 9 horas por dia, lembrando que é preciso dormir bem, principalmente pelo fato de que é neste momento também que o tecido muscular (lesionado durante o treino) se recupera, aumentando de tamanho.

Treine intensamente – É preciso sentir o verdadeiro cansaço após o treino, do contrário pode significar que não valeu a pena. Esta máxima das academias também funciona quando o assunto é o aumento do GH. O hormônio também é liberado em grande quantidade durante o treino de resistência. Por isso, opte por exercícios que movimentem a maior quantidade de músculos possível.

Controle a ingestão de carboidratos – Este é um dos nutrientes que trabalham para inibir a liberação do GH, dentro de uma lógica bem fácil de entender. Ao ingerir carboidratos simples há em nosso organismo uma elevação rápida dos níveis de açúcar no sangue, o que leva à formação do pico de insulina. E é exatamente esta alta de insulina que inibe a liberação do hormônio do crescimento, bem como da testosterona. Como se não bastasse, é também este processo que deixa o metabolismo bem mais lento, aumentando assim o acúmulo da gordura localizada no corpo.

Inclua na dieta alimentos que aumentem a liberação de GH – Existem alguns alimentos que são considerados “precursores hormonais”, ajudando a aumentar a produção do GH. Estes alimentos devem conter substâncias como lisina, glicina, glutamina, arginina, vitaminas do complexo B e também o ácido gama aminobutírico. É possível observar que a grande maioria das substâncias acima são aminoácidos, o que reforça a importância de ingerir alimentos ricos em proteínas (principalmente as carnes).

Sucos detox são uma boa ideia – Isto acontece pelo fato de que ajudam a eliminar as impurezas do fígado, com destaque para a remoção do excesso de gordura. Quando o fígado funciona melhor o organismo responde mais ao estímulo do GH, aumentando a liberação do hormônio IGH-1. Tudo isso ocorre dentro do próprio órgão hepático, proporcionando maior ganho muscular para todo o corpo. Entre os alimentos que podemos indicar para a elaboração do suco estão a couve, o espinafre, a salsa, além de frutas e verduras.

Treino HIIT – Entre todos os tipos de treinos, o chamado Treino Intervalado de Alta Intensidade (HIIT) talvez seja a melhor forma de elevar os níveis de GH no corpo. Isso acontece pelo fato de que este é um tipo de treino de grande intensidade, o que leva a trabalhar diversos músculos ao mesmo tempo. Inclua o HIIT em sua grade de treinos pelo menos uma vez por semana e já terá bons resultados.

Evite o estresse – Quando estamos estressados o nosso corpo libera um hormônio chamado cortisol, que é altamente catabólico e prejudica muito os ganhos dos treinos. Estar tranquilo e feliz, além de ser muito melhor para a nossa vida, aumenta também a produção do hormônio GH e não libera o cortisol, o que é essencial para a desejada hipertrofia.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA