Treino funcional: mais força e equilíbrio para o corpo

Treino funcional: mais força e equilíbrio para o corpo

Descubra como o treino funcional pode mudar os eu corpo, dando mais força e evitando lesões nas atividades diárias!

0
COMPARTILHE
treino funcional o masculino
Com o treino funcional você sentirá o seu corpo mais forte e diminui o risco de lesões. Foto: Shutterstock

Não é atoa que o treino funcional já é uma das modalidades de treinamento mais utilizadas em todo o mundo, começando a fazer bastante sucesso também nas academias aqui no Brasil. Segundo especialistas, é através dele que se pode ganhar muito mais qualidade muscular, por englobar na atividade física diferentes exercícios, com o objetivo de desenvolver a força, flexibilidade, equilíbrio, estabilidade do core, mobilidade, entre outros, sem que seja necessária a utilização de muitos materiais.

Na verdade, qualquer movimento que ajude a melhorar as suas condições para executar suas tarefas diárias já pode ser considerado um exercício funcional. O que diferencia no caso do treino é que ele será indicado por um especialista de acordo com a necessidade de cada um, considerando também os movimentos naturais para os quais seu corpo foi projetado (agachar, empurrar objetos, girar, pular obstáculos e correr). Sendo assim, a utilização destes mesmos exercícios em seus treinos, combinando todas as variações possíveis de cada um, você terá um ótimo resultado final.

Entre os principais benefícios desta modalidade podemos destacar a melhora na postura e maior equilíbrio em todos os membros, o que contribuir de maneira significativa para definir o seu corpo. Além disso, otimiza seu desempenho nas tarefas diárias, reduzindo muito os riscos de lesões, dores e cansaços musculares por esforço.

treino funcional o masculino
No treinamento funcional você utilizará equipamentos livres, como a corda, por exemplo. Foto: Shutterstock

Como é feito o treino funcional?

O que diferencia um pouco o treino funcional da musculação tradicional é que ele trabalha os grupos musculares como um todo, não apenas os músculos isoladamente. Não há segredos para a sua prática, apenas a indicação e que seja prescrito por um profissional e que haja um acompanhamento na execução, que deve ser feita nos planos baixo, médio, alto, vertical e horizontal. Outra diferença é que você utilizará apenas equipamentos livres (halteres, cordas, kettlebells, barras, bolas, fitas e cabos).

Não há contraindicação específica para a prática do treino funcional, podendo ser praticado por pessoas de todas as idades, sexo, peso, etc. A modalidade vem ganhando tanta importância que é comum encontrar nas academias profissionais que se especializaram no treinamento funcional, o que pode ser uma ótima opção para quem quer se manter em forma e fortalecer os músculos.

Como iniciar a pratica do treinamento funcional?

Antes de dar algumas dicas de como iniciar este tipo de atividade é preciso lembrar que você deve ter a prescrição de um profissional, pois apesar de parecer simples, você pode ter problemas se tentar fazer isto sozinho. Além disso, somente alguém capacitado poderá ajudar você a descobrir o que realmente você precisa trabalhar.

A primeira dica é o alongamento, que deve ser feito antes de qualquer tipo de exercício. Em seguida, você pode fazer uma caminhada de pelo menos 10 minutos (na academia você deve utilizar a esteira), o que já é o suficiente para aquecer o seu corpo para o treino funcional.

treino funcional o masculino
Os exercícios, com step ajudam a fortalecer os músculos das pernas. Foto: Shutterstock

Utilizando uma corda, faça três sessões de 10 pulos. Com o tempo você poderá aumentar a velocidade ou mesmo a quantidade deste exercício, o que deve ser auxiliado pelo profissional. Depois você pode fazer três sessões de 12 abdominais, repetindo em seguida o exercício com a corda.

Utilizando o step ou o degrau de uma escada, faça três sessões de 15 repetições, alternando as pernas. Ainda no step, fala exercícios para as pernas e abdome. Veja a sequência:

Posição 1 – apoie os dois pés no step, mantenha o corpo reto e o abdômen contraído;

Posição 2 – leve o joelho direito ao nível da barriga, mantendo a coluna sempre reta e sem relaxar o abdômen;

Posição 3 – retorne a posição inicial;

Posição 4 – leve o joelho direito ao nível da barriga, mantendo a coluna sempre reta e sem relaxar o abdômen;

Retorne em seguida à posição inicial.

treino funcional o masculino
O elástico também é um importante aliado no treino funcional. Foto: Shutterstock

Para trabalhar os braços, peito e pernas, você pode fazer os exercícios a seguir, utilizando uma borracha, alternando sempre em três sessões de 12 repetições.

Posição 1 – estique a borracha de forma a ficar estendida (sem esticar);

Posição 2 – mova a perna esquerda para trás dobrando levemente o joelho direito;

Posição 3 – puxe a borracha até a altura do peito, mantendo sempre o abdome contraído;

Posição 4 – retorne a posição inicial;

Posição 5 – repita todos os movimentos com a outra perna;

Volte à posição inicial.

Repita novamente as abdominais, mas desta vez três sessões de 15, alongando em seguida para finalizar o treino. Vale lembrar que você pode incluir ou alterar os exercícios, mas sempre com a ajuda de um profissional para assegurar que você não esteja forçando demais o seu corpo ou fazendo os exercícios de maneira errada.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA