Sapatos: como escolher sem medo de errar?

Sapatos: como escolher sem medo de errar?

Saiba como escolher os sapatos ideais para cada tipo de ocasião e não erre mais na composição do seu visual!

0
COMPARTILHE
sapatos o masculino
é preciso ter atenção na escolha dos sapatos para não errar na composição do visual. Foto: Shutterstock

Mesmo que você seja um tipo de homem que está sempre ligado no que há de mais atual na moda masculina, vai chegar um momento quem que você ficará na dúvida entre qual tipo de sapato combina mais com a sua roupa ou ocasião. Isto se torna ainda mais comum pelo fato de que homens não são aficionados por sapatos, ao contrário das mulheres, o que nos leva a ter somente alguns pares como opção em casa. Boa parte dos homens possui apenas um par de sapatos social, um sapatênis e um tênis.

Foi pensando nisso que decidimos reunir algumas dicas de como escolher o sapato certo para cada ocasião sem ter medo de errar e sem prejudicar o seu visual.  Outro ponto importante que deve ser considerado também é que não adianta nada você ter várias opções de calçados sem saber como conservá-los, pois na hora que você mais precisar eles não estarão bons para o uso.

Como escolher os sapatos

Antes de começar a falar dos tipos de sapatos é importante destacar que não adianta nada você saber escolher o modelo se não compreender qual é o número mais adequado. Há uma diferença de numeração de acordo com o país onde você está. Veja abaixo como identificar o seu número ideal.

No sistema europeu, que é referência na França, Itália, Alemanha e na maioria dos países da Europa, os sapatos masculinos devem ser escolhidos dois números acima da referência brasileira. Assim, se seu número é 40 no Brasil, você deverá comprar um 42 nestes países. Já no sistema inglês, o mesmo sapato 40 corresponde ao número 8, enquanto nos EUA é o 9.

Principais modelos de sapatos masculinos

Uma coisa que você precisa ter sempre em mente antes de saber como escolher o sapato é lembrar que de nada adianta ele ser bonito se não for minimamente confortável, pois não há nada mais desagradável do que ter o pé apertado por várias horas. Veja agora os modelos de sapatos e quais as ocasiões mais adequadas para o uso.

sapatos oxford o masculino
Oxford – Foto: Divulgação

Oxford. É o modelo mais clássico, por ter sido o primeiro modelo de sapato amarrado com cadarços, tendo seu início na Inglaterra em 1640 e ficou popular por ser muito usado entre os estudantes da Universidade de Oxford, o que deu origem ao nome. Trata-se de um modelo fechado com as perfurações para os cadarços feitas diretamente no corpo do sapato. Não fica muito bom para homens que possuem o pé mais alto, pois na hora de amarrar os furos de amarrar não ficarão paralelos. Por se tratar de um modelo mais formal, pode ser considerado um modelo ideal para compor um visual com ternos e ocasiões como casamentos.

sapatos derby o masculino
Derby – Foto: Divulgação

Derby. É comum as pessoas confundirem com o Oxford, mas se difere pelo fato de que os furos para o cadarço estão colocados em abas laterais, que são costuradas sobre o corpo do sapato. O ponto positivo deste modelo é que ele se adapta a qualquer tipo de pé sem maiores problemas. É bastante versátil e pode ser usado tanto com costume, blazer e calça sem gravata, quanto em um visual composto por calças simples e camisa. Em alguns casos fica bom até mesmo com jeans.

sapatos monk o masculino
Monk – Foto: Divulgação

Monk. Tem este nome por ter derivado dos sapatos dos monges, é um modelo menos formal do que o Oxford e um pouco mais do que um derby. Você pode diferenciar o modelo pelo fato de não ter cadarços, mas sim uma fivela metálica na lateral. Ele compõe bem com calça de alfaiataria e camisa social.

 

sapatos brogue o masculino
Brogue – Foto: Divulgação

Brogue. Apesar de não ser exatamente o nome do sapato, mas sim o perfurado decorativo que alguns modelos apresentam, muitas pessoas dão este nome ao calçado. Os sapatos que possuem esta decoração são mais complexos de combinar, acompanhando um visual esporte fino, sem gravata.

 

 

sapatos mocassim o masculino
Mocassim – Foto: Divulgação

Mocassim (ou loafer). Recebeu este nome por ser inspirado nos calçados dos índios algonquinos, da fronteira dos Estados Unidos como Canadá. Eles são de couro costurados à mão, apresentando pontos largos ao redor do peito do pé e sobre os dedos. Trata-se de um modelo flexível e confortável, com um solado que impede que o calçado escorregue. É um modelo casual e esportivo, que deve ser usado apenas com bermuda ou calça jeans, sem meias.

 

sapatos side gore o masculino
Side Gore – Foto: Divulgação

Side Gore. É um modelo que derivou do loafer, cuja principal característica são os elástico nas laterais, o que dispensa a fivela, velcro, zíper ou cadarço. Ele conta com diversas variações, o que deve ser observado na hora de compor o visual. Dependendo do modelo, podem ser usados com calça, blazer ou jeans.

sapatos sapatênis o masculino
Sapatênis – Foto: Divulgação

Sapatênis. É um tipo de sapato que pode ser considerado híbrido, o que gera bastante polêmica sobre o seu uso. Ele é caracterizado por não ser nem esportivo nem formal. Apesar de ser considerado cafona, é um verdadeiro sucesso de vendas, principalmente no Brasil, o que pode ser explicado pela versatilidade do modelo. Podem ser usados em uma infinidade de composições, dependendo unicamente da criatividade e do estilo de cada pessoa.

Lembre-se sempre de manter os seus calçados bem guardados, mas sempre em locais arejados e sem umidade. Limpe-os sempre após o uso, o que evita as manchas e facilita na hora de você usá-lo novamente. Todo calçado de couro precisa ser hidratado com frequência, o que pode ser feito com a utilização da tradicional graxa para sapatos ou mesmo de produtos especiais.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA