Planejamento Financeiro: Transformando sonhos em números (Parte 2)

Planejamento Financeiro: Transformando sonhos em números (Parte 2)

2
COMPARTILHE
planejamento financeiro o masculino
Cena do filme O Lobo de Wall Street (2013). Foto: Reprodução

Na etapa anterior, Planejamento Financeiro: Transformando sonhos em números (Parte 1), você refletiu sobre suas motivações e anotou sua visão de vida ideal. Agora você transformará essa ideia em objetivos financeiros, que serão a alma do seu planejamento financeiro.

 

No filme O Lobo de Wall Street, há uma cena que resume bastante a essência desse artigo. Nela, Jordan Belfort, interpretado por Leonardo Di Caprio, é o dono de uma corretora e busca motivar seus colaboradores a alcançar seus objetivos ligando para possíveis compradores para as ações de uma grande empresa:

“É você quem paga a conta do cartão de crédito? Ótimo, então pegue o telefone e comece a discar! Seu senhorio está querendo te despejar? Ótimo, pegue o telefone e comece a discar!”

E é exatamente esse o próximo passo do planejamento financeiro pessoal: transformar suas motivações em objetivos concretos, para direcionar de forma eficiente seus esforços e investimentos.

Leia também: 

Dinheiro e felicidade: O que é o planejamento financeiro?

Vamos começar um planejamento financeiro?

Independência financeira não depende da sorte

Nesta etapa, reflita sobre cada ideal que você colocou no papel e veja quais são os passos necessários para torná-lo realidade. Em outras palavras, transforme seus ideais em pequenos objetivos que, quando cumpridos, resultarão na concretização do sonho. Pense: quanto tempo e dinheiro terei que investir para transformar meus sonhos em realidade? Por exemplo:

  • Sonho: Ter uma casa de praia para servir de refúgio do estresse do dia-a-dia, para passar as férias ou feriados prolongados e poder relaxar, ler meus livros, divertir e reunir a família.
  • Objetivo: Comprar uma casa litoral.

Um objetivo nesse formato simples é uma ameaça ao seu planejamento financeiro e as chances de que você desista dele no mês seguinte, diante da primeira dificuldade, são grandes. Transforme seus vagos sonhos em objetivos concretos!

Como criar objetivos concretos

Os objetivos financeiros são a alma do planejamento financeiro. Para que realmente auxiliem no processo de alcançar seus sonhos, eles precisam se adequar a estas cinco características:

  • Específico: precisam ser claros, caso contrário, fica difícil saber por onde começar e quais ações tomar para cumpri-lo.
  • Mensurável: devem ter um valor ou então não saberá quanto falta.
  • Acessível: sonhe alto, mas seja realista.
  • Relevante: é necessário e importante para alcançar seu ideal.
  • Tempo: precisa ter prazo, ou sempre ficará para o próximo ano.

Vamos reescrever nosso exemplo anterior, mas adequando-o as características acima:

  • Sonho: Ter uma casa de praia para servir de refúgio do estresse do dia-a-dia, para passar as férias ou feriados prolongados e poder relaxar, ler meus livros, divertir e reunir a família.
  • Objetivo: Comprar uma casa de três quartos com varanda a no máximo 1 km do mar, no litoral da Bahia, preferencialmente no município de Itacaré, no valor de aproximadamente R$ 350 mil, ao final de cinco anos.

Com essa construção, seu objetivo é específico (uma casa de três quartos com varanda a no máximo 1 km do mar), mensurável (aproximadamente R$ 350 mil), acessível (ter uma casa na praia não é nada de outro mundo e muitas pessoas já possuem uma), relevante (com ela você terá o que sempre quis, como refúgio e local de descanso) e tempo (em cinco anos). Seu sonho se transforma em algo palpável e possível de se planejar, que é o fim do planejamento financeiro. Agora está bem mais claro como torna-lo realidade.

Faça o mesmo para os seus outros sonhos e não se preocupe se levar muito tempo. Isso é comum, pois alguns de seus objetivos exigirão pesquisa e análise para que estejam adequados às cinco características. Se não se encaixarem, revise seus objetivos e divida-os em mais partes, até que fique claro quais serão os passos necessários para alcançar seus sonhos.

Lembre-se: não seja vago nos valores dos seus objetivos. Se não sabe quanto custa uma casa no litoral da Bahia, pesquise na internet, em jornais ou pergunte aos amigos. Se você quer ter independência financeira, por exemplo, não queira apenas ser rico, mas defina o que significa riqueza para você: ter R$ 500 mil na conta bancária ou patrimônio de R$ 1 milhão.

Essa é uma das etapas mais importantes do planejamento financeiro pessoal, então dedique-se ao máximo e sempre tenha em mente que todo esse esforço tem uma finalidade, alcançar aquela imagem de vida ideal que você escreveu e guardou. Você acaba percebendo que seus sonhos são possíveis e a trajetória pode ser mais simples do que se imaginava. Além disso, estimula o diálogo com sua (seu) parceira (o) e família, fortalecendo a vontade e compromisso de todos no processo.

Próximos passos

Pronto! Você já deu um grande passo na construção de seu planejamento financeiro pessoal. Com os objetivos financeiros em mãos, você já conhece quais os passos dar em prol de seus sonhos. Você já tem a linha de chegada de seu planejamento financeiro. Nos próximos artigos você entenderá a importância de estabelecer prioridades e que existem problemas que devem ser resolvidos o quanto antes, eliminando os obstáculos rumo a sua vitória! Então, não perca!

 

Tem alguma dúvida sobre assuntos que impactam seu bolso? Quer saber mais sobre planejamento financeiro pessoal e familiar? Envie um e-mail para daniel.oeconomista@gmail.com. Os assuntos mais pertinentes serão tratados aqui na página!

2 COMENTÁRIOS

  1. Achei muito interessante as características para alcançar sonhos. Gostei da frase:Sonhe alto, mas seja realista.Excelente!

DEIXE UMA RESPOSTA