Sexo no café da manhã (ou sexo matinal)

Sexo no café da manhã (ou sexo matinal)

Porque há muitas coisas gostosas a serem feitas no intervalo entre o toque do despertador e o café da manhã...

0
COMPARTILHE
sexo matinal o masculino
Fazer sexo ao acordar pode tornar seu dia mais leve e feliz. Foto: Shutterstock

“Eu adoro acordar e botar a mão no pau dele. Queria entender por que os homens acordam de pau duro. Bem, não interessa. Sentir sua ereção me excita, eu já me viro de lado, vou me posicionando próxima a ele, que se vira e delicadamente e me penetra naquela posição preguiçosa ‘de ladinho’. É assim o nosso despertar quotidiano”. Com este relato, começava a conversa entre amigas sobre sexo matinal.

Leia também: 

Suruba no asilo é um interessante projeto de velhice feliz

Enquanto houver sexo, não preciso de Prozac

Por um mundo com mais sexo olímpico e menos pokemon

Sim, meus chuchus, há coisas boas a serem feitas no intervalo entre o despertar e o café da manhã. E eu até arriscaria dizer que abrir mão do café da manhã pode ser interessante quando o tesão ao despertar fala mais alto e o tempo é curto.

Tem gente que não gosta. Lembro-me de uma moça nubente contando, nesta mesma conversa, que o futuro marido detestava fazer sexo pela manhã: “ele tem nojo de beijar antes de escovar os dentes”. As amigas entreolharam-se. Detectaram ali um problema.

Mas foi a irmã da noiva, ali presente, quem mandou na lata, no alto da sabedoria de quem já partira para o terceiro casamento “Ih, pensa bem. Porque se fazer sexo de manhã é importante para você e ele não gosta, no casamento isso vai te incomodar muito mais do que incomoda na fase de namoro”.

E não deu outra: separaram-se antes de completarem 4 anos juntos. Acordar e fazer amor é um ritual diferente. Não tem glamour, maquiagem, os odores do corpo estão evidenciados pelo repouso, o hálito está comprometido, os olhos acumularam as secreções. Como alguém pode sentir prazer nessas condições? Questionam os avessos ao sexo matinal.

Eu não sou sexóloga, arrisco, portanto, um palpite. Acredito que fale mais alto um lado primitivo em quem gosta de sexo como café da manhã. É o momento do dia propício para fazer amor por puro instinto.

Estamos ali, sonolentos, ainda um pouco inconscientes e, mesmo assim, os corpos cavernosos no homem e o fluxo sanguíneo irrigando a mulher vão dando sinais de vida. Sem contar a pureza do momento. Ainda não vieram à mente as preocupações do dia a dia e nem a convocação da rotina. É como se os corpos pedissem “me despertem com prazer, por favor”.

Sempre penso que a vida seria mais feliz se os seres humanos fizessem sexo de manhã. As pessoas ficariam menos mal humoradas. Brigariam menos no trânsito. Encarariam melhor o metrô lotado.

Nada como um bom dia molhando o biscoito na xícara com café e leite quentinhos… humm… Tem coisa melhor para um despertar feliz?

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA